• Movimentando

Porque não podemos abandonar as ruas no 7 de Setembro

Por: Sandino Patriota.

Várias são as táticas fascistas para impor seu projeto de poder e todas elas se relacionam e se completam: disseminação de mentiras; propagação da confusão social; destruição da relações de solidariedade, implantando um ambiente de permanente desconfiança e outras mais.


Há, no entanto, uma tática angular que sustenta todas as outras e que, sem ela, o projeto fascista fracassa imediatamente. É a imposição do terror, do medo, a exibição permanente das armas e da violência com o objetivo de paralisar um setor da sociedade, especialmente a classe trabalhadora. Já que o projeto fascista não pode jamais ganhar a maioria dos que trabalham, o que ele pode fazer é aterrorizar esse setor, paralisar e confundir sua ação, conseguindo dessa maneira se impor pela força. Se o processo das eleições de 2018 for analisado direitinho, é muito fácil identificar o papel principal dessa tática, tendo início com o assassinato de Marielle Franco.


A vitória do terror e do medo é, necessariamente, a nossa derrota. É exatamente essa batalha que vai se travar no dia 7, notadamente na cidade de São Paulo. Para vencer o medo, é preciso que as forças populares realizem um ato político seguro, que pratique a autodefesa e que demonstre que os fascistas são minoria na sociedade, apesar dos milhões que estão gastando para fazer sua demonstração. Desistir de ir para rua no dia 7 é aceitar a posição defensiva e dar de bandeja uma vitória parcial para o lado de lá, exatamente no momento em que eles estão na defensiva e não ganham nada desde maio.


É preciso não ter medo, é preciso ter coragem de dizer. O Rondó da Liberdade não é apenas um monte de palavras escritas num papel, mas uma alerta de que o medo é o instrumento do escravizador. Não ficar de joelhos, que não é racional renunciar a ser livre.


Sandino Patriota é um integrante da Unidade Popular - UP, jornalista do Jornal A Verdade

Estudou no IFSP - Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo

Facebook.com/sandinopatriota

11 visualizações0 comentário